O maior acervo de sons de animais pode ser consultado online e de graça!

Projeto da Universidade Cornell digitalizou quase 150 mil gravações que abrangem cerca de 9 mil espécies diferentes.

O acervo que reúne tanto áudios quanto vídeos começou a ser catalogado a partir de 1929 pela Universidade Cornell, nos Estados Unidos, e hoje já conta com cerca de 150 mil sons de animais. São 7,5 mil horas de gravações que, juntas, somam mais de 10 terabytes. Todos esses dados agora estão ao alcance de qualquer um – eles podem ser consultados gratuitamente no site da Macaulary Library. E em breve serão inseridos diversos arquivos acústiTécnico Bio.Conservecos da fauna baiana, nesse mundo sonoro. A idéia é agregar nessa fonoteca os sons da fauna local, como assovios de botos e chamados de micos. Essa iniciativa é de técnicos da ONG VIVA (Viver, Informar e Valorizar o Ambiente) que possuem dezenas de horas gravadas, principalmente da população de botos (Sotalia guianensis) da baía de Todos os Santos-BA.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe seu comentário